O abraço e o sonho.

20 abr

Não sei se sou uma pessoa muito carente, ou se isso é normal, mas sempre que estou caminhando sozinha, sinto vontade de dar as mãos pra alguém. Quando estou sozinha, em casa, sinto vontade de um abraço. Assim, do nada, sem motivos. Em dias felizes, em dias tristes, é randômico. É só vontade de um carinho mesmo.

Agora, grávida e enfim, vivendo a minha gravidez, sem maiores preocupações, essa sensação mudou um pouco. Estou caminhando quando de repente, sinto um abraço. Um abraço que vem de dentro, coisa mais gostosa do mundo. Sabe aquela sensação maravilhosa de quando uma criança vem correndo e te dá um abraço sem você pedir? Então, é essa! Depois fico um tempo meio boba, e esqueço aquilo que estava fazendo (faz parte!).

Outra coisa deliciosa tem sido os sonhos. Não é a primeira vez que sonho com o meu bebê, sendo amamentado. No primeiro sonho, lembro de estar amamentando em casa, e o sonho se baseou nisso: amamentar. Essa noite, sonhei com a chegada do bebê. Não sonhei com o parto, me lembro de entrar no quarto e meu bebê estar no colo de uma tia minha. Peguei meu bebê no colo, e amamentei-o. Uma delícia de sensação. Pra completar a beleza desse sonho, uma prima minha apareceu grávida para me visitar e conhecer o bebê. Sonho melhor, impossível.

Se não fosse a minha vontade extrema de ter o meu bebê em meus braços, pediria pra ficar assim a vida inteira. É uma felicidade, um sentimento tão simples…não tem nem como explicar.

Anúncios

Comentar:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: